quarta-feira, 25 de junho de 2008

Voando

É impressão minha ou essa mudança no nosso fuso horário tá fazendo o tempo passar mais depressa?

Pra quem é de fora e não sabe do que eu to falando, se atualiza mané!

terça-feira, 24 de junho de 2008

T&J

Quem diria que o cupido faria plantão até em biblioteca.. Pois naquela sexta ele fez.
O menino tinha passado lá por acaso. A menina estava lá, com as amigas, para o I Encontro das Mulheres Jornalistas. Coincidentemente, ele também era jornalista.
Eles se cruzaram no saguão da Biblioteca Marina Silva. Ele a viu, ela não.
Foi naquele momento em que agiu. Ele atirou sua flecha sem dó. O menino se encantou. Sinos tocaram. Palavras dele, vejam bem.
Para ela o momento passou despercebido.
Mas não por muito tempo o menino permaneceria desconhecido.
Ele a procurou. Localizou. Mas ela era comprometida. Bem, quase isso.
Não conversaram de pronto. "Estou pensando se vou adicioná-lo", ela disse.
Ele descobriu e o orgulho falou mais alto. "Com ela não falo mais", ele pensou.
E o impasse se instalou.
O outro saiu da jogada. Ou melhor, ela o expulsou de campo. E assim os dias passaram.
"Que tipo de pessoa te adiciona no msn e não vem falar?" era a pergunta que martelava na cabeça da menina. "Ora, quem ele pensa que é?"E com isso a importuná-la, ela foi lá, saber qual era a dele.
E descobriu que a dele era muito melhor do que esperava. Tãão simpático, foi a primeira impressão.
E descobriu também que ele tinha pressa. Em conhecê-la. "Vamos nos encontrar? Tomar um sorvete?", foi a desculpa. Na quarta (26/03), combinaram.
Ela sabia qual eram as intenções. E não sabia bem se desgostava delas.
"Só se conhecer, viu?! E nada mais.", foi o aviso que ela deu.
Alguém duvida do desfecho?
Ele falou a noite toda. E ela escutou tudo, atenta, surpresa por estar gostando tanto da companhia dele. Supresa por um menino tão mais velho estivesse realmente achando ela interessante. Ele era mais velho. Esqueci de dizer esse detalhe? Ela, sempre tão acostumada com os mais jovens e imaturos, não sabia bem como se comportar.

Foi no centro, bem no centro, do chapéu de palha do parque que ele a beijou. SIM, porque ele a beijou e não o contrário. Abusado. Pediu antes. Ela pensou: só pode estar brincando! Respondeu que não. Ele beijou-a mesmo assim.
E assim começou a história dos dois..

quinta-feira, 19 de junho de 2008

Estátua

Inerte. É assim que estou.
Quem nunca sentiu que tinha tanta coisa pra fazer e acabou fazendo nada, no final.
Logo eu, a especialista em fuga. O que mais poderia se esperar de mim..
Uma hora a cobrança chega. O que fazer quando chegar?
Passando pelos dias como uma sonâmbula. Vendo tudo por uma ótica idiota e covarde.
Queria um dia com 30 horas. Me dá?
Queria uma cabeça menos confusa. Me dá?
Queria outra vida. Me dá?
Tá, eu sei que você não é Deus. E mesmo Deus não me dá essas coisas, porque você daria?
Então quando tudo parece tão infeliz, tão sem solução, tão desesperador, antes escolher a inércia que fazer algo que não tem volta. Concorda?

segunda-feira, 16 de junho de 2008

Ressaca

Por isso que falam, quando a pessoa fica se achando demais, nem sente a porrada chegando.
Desde que eu ingressei na vida boêmia não havia experimentado a deliciosa sensação de uma ressaca. Eu achava que havia nascido com a maior dádiva de todas. Não importava a quantidade de álcool ingerido ou da mistura que eu fazia.. no dia seguinte, acordava serelepe e saltiltante como uma gazela pueril.

Mas minha invencibilidade foi quebrada nesse final de semana. Senhor amado, o que foi aquilo? Eu juro que parecia que minha cabeça ia estourar e que meu estômago havia feito algum pacto satânico contra minha pessoa.
E olha que nem foi tanto álcool assim. Já bebi muito mais. O problema: foi tudo rápido demais. Uma ice, um singelo copo de vodkapura e a cerveja.. aiai, a cerveja.. minha desconhecida Cintra, da qual nunca havia ouvido falar, embalou minha noite que antecedeu o inferno.

É, acho que a primeira ressaca ninguém esquece.

sexta-feira, 13 de junho de 2008

Despesa

Oh my god! Descobri mais uma maneira de ficar menos rica.
Uma pessoa como eu, viciada em livros, não poderia ter descoberto o que eu descobri.
Um site que reúne vários sebos pelo país, criando uma rede de entrega e distribuição muitíssimo eficiente. E o melhor de tudo, por preços bem baratinhos! :D


O problema é que por me iludir que tudo vai sair barato, acabo querendo pedir milhões de livros. Por enquanto, foram só dois. Chegaram super conservados, quase novos. \o/
O único problema é o atraso dos correios. ¬¬
Por isso vim aqui espalhar meu novo vício: Estante Virtual.
Uso e recomendo. ;)

terça-feira, 3 de junho de 2008

Here comes the sun

Ele deu as caras. Hoje o sol resolveu brilhar. Mandando embora a friagem que se instalou nos últimos quatro dias.
Brilhou forte, poderoso e principalmente, quente.
Ainda bem! O frio da cidade começava a tomar de conta do meu espírito.
Que venha o sol.
_o/