quarta-feira, 20 de agosto de 2008

segunda-feira, 11 de agosto de 2008

Logo agora?

E as estrelas voltaram a me perseguir.
Eu, que imaginava seu brilho apagado há muito, não esperava que brilhassem tão forte.
Tão próximas. Tão reais. E ao mesmo tempo, tão longe. E intocáveis.. ainda intocáveis.
O brilho delas vieram só pra me machucar. Lembrar da falta que elas faziam.
Como faço pra apagar, outra vez, essas estrelas que um dia tanto brilharam em meus olhos?

quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Desculpas

Eu sei que sumi. Não por esquecer disso aqui. Apenas me faltam palavras.
Viver ocupa tempo demais. E estou num momento tão bom, tão tranquilo.. que talvez eu nem me sinta eu mesma. Não o suficiente para vir aqui contar o que acontece.
Saudade grande de escrever. Mas as palavras simplesmente, não vêm.

Não sei quando volto.
Não sei nem mesmo se estou indo.
Só vim para não pensarem que fui abduzida. ;P

"Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das pessoas apenas existe." (Oscar Wilde)